Faço dieta e não emagreço!

Dia após dia chega alguém no meu consultório com a mesma queixa: já passei por mil nutricionistas, já fiz todo tipo de dieta e não consigo atingir meu objetivo!

Bom, isso pode estar acontecendo devido a alguns fatores, como:

1. Você já conhece muita coisa sobre alimentação, então a cada visita em um novo profissional ao invés de seguir o plano alimentar do jeito que lhe foi prescrito começa a fazer substituições por sua conta. Essas substituições nem sempre ocorrem de forma correta. Por exemplo: uma fatia de pão integral em determinado horário nem sempre é igual a uma colher de sopa de batata doce.

2. Você começa a fazer a dieta nos dias de semana e dar escapulidas nos finais se semana. Sem perceber começa a comer uma coisinha ou outra diferente e se isso acontecer de forma constante e sem orientação adequada de como se proceder, pode dar tchau ao seu objetivo.

3. Você faz dieta e não se exercita. Não faz nada ou somente uma caminhada de vez em quando, quando "dá tempo".

4. Você acha que só aeróbico que emagrece e ainda tem o conceito extremamente errado que quando mais longa for a sua corrida, por exemplo, mais você irá emagrecer.

5. Você não faz musculação. Acha que vai ficar "grande" só de levantar um pouco de peso. E acha que para conseguir chegar aos seus objetivos precisa ficar mais de 2 horas na academia, senão não tem jeito.

6. Você come cada vez menos, toma só "suco detox" e sopa e acha que vai emagrecer rapidinho.

Esses são somente alguns conceitos errados e que te impedem de alcançar o seu tão sonhado objetivo. Sabemos hoje que a musculação é tão (ou mais!) importante quanto o exercício aeróbico, que para ter efeito o exercício precisa ser intenso e não longo, que pão integral de supermercado nem sempre é uma boa escolha e que você precisa sim fazer dieta nos finais de semana.

Que jejum não emagrece ninguém e mata a gente é de fome. E que depois de um exagero no final de semana de nada adianta entrar na onda detox, pois você terá um rebote de fome depois além de atrapalhar todo o seu metabolismo, que corre o risco de ficar cada vez mais lento.

Isso não significa ser radical, e sim ter disciplina. Conversar com seu nutricionista para que ele lhe ensine como se proceder quando nem sempre os alimentos da sua dieta estão disponíveis. E também fazer um treino adequado, e não ficar 3 horas na academia morrendo na esteira.

Tudo tem jeito. É só querer!