Alimentação X Festas de Final de Ano

Confraternizações, happy hour, amigo secreto, festas nas empresas, festas em família, ceia e almoço de natal, reveillon... Ufaaa... Comer e beber é quase que uma regra em dezembro. Porém, se descuidarmos de alguns pequenos detalhes, as festividades tornam-se um "engordativo" atentado à elegância e à saúde. Em seguida vem janeiro, auge do verão, mês de praia e piscina e aí? Não, não, sem lamentações... Você não precisa recusar nenhum convite. Participe de todos, curta a companhia das pessoas queridas, da família, faça novos amigos, novos amores. Tudo isso faz bem a sua qualidade de vida e bem estar, dá um "gás" a mais ao dia-a-dia, à saúde emocional, social, mental e espiritual. Com um pouco de planejamento e consciência nutricional é possível participar de todos os eventos e manter-se absolutamente elegante e charmosa.


Dezembro Tropical

A maioria das preparações que compõem nossas ceias de natal e reveillon tem como herança os hábitos alimentares da população americana e européia. O Brasil é um país maravilhosamente tropical e em dezembro estamos em pleno verão, ao passo que nos Estados Unidos e Europa, o inverno é de rachar. Em função do frio, o organismo gasta mais energia para manter a temperatura corporal. Essa necessidade energética aumentada varia em torno de 20 a 30% a mais do que nos dias quentes. Então, que tal rever os cardápios das ceias e almoços e adaptá-los ao nosso clima super tropical? Em pleno verão não precisamos dessa farta oferta de calorias e gorduras, não é mesmo? Com um pouco de planejamento é possível preparar pratos charmosos, exóticos, deliciosos e com bem menos calorias.


· Prefira saladas de folhas verdes escuras e legumes crus bem coloridos.

· Para temperar as saladas, no lugar da maionese e dos molhos rosê e de queijo cheios de gorduras saturadas, prefira molhos à base de iogurte desnatado, vinagrete, ervas aromáticas, limão, azeito balsâmico.

· Invista no visual das saladas! Incremente com uva passa, damasco, cenoura baby, tomate cereja, couve de bruxelas e decore com flores comestíveis orgânicas. As flores orgânicas (com selo de certificação de cultivo orgânico) dão um charme especial aos pratos, encantam os olhos, contem fitoquímicos, são ricas em água e tem baixíssimo valor calórico.

· O arroz com açafrão é uma boa pedida. O açafrão é uma especiaria antioxidante que "varre" os radicais livres. Outras opções para incrementar o arroz são: pimentões vermelho e amarelo (mais digestivos), espinafre, ervas aromáticas, milho, passas, champignon.

· Carnes: as menos calóricas são os peixes, lagarto, peru, chester ou frango. Preparadas assadas, com rodelas de tomate, ervas, cebolas e alho ou frutas, tornam-se nutritivas, menos calóricas e muito mais saudáveis.

· Para acompanhar as carnes: legumes ao vapor, batatas assadas, purê de maçã, cogumelos shitake, farofa enriquecida com cenoura ralada, tomate ou frutas secas (passas, damasco, ameixas) ou frescas (maçã, abacaxi, banana). Evite colocar margarina, óleo, bacon e carnes na farofa. Isso evita o acréscimo de gorduras e muitas calorias à preparação.

· Para as sobremesas prefira as frutas da época: ameixas frescas, cerejas frescas, uvas vermelhas, figo, abacaxi, melão, pêssego, melancia, caju, salada de frutas servidas em meio mamão papaya com frozen iogurte light. Abacaxi e mamão não devem faltar! Abacaxi tem bromelina e mamão papaína, ambas enzimas que auxiliam o processo digestivo.

· Se for servir ou preparar doces, troque todos os ingredientes convencionais pelas versões similares light. Leia os rótulos e compare o valor calórico. Se não resistir às rabanadas, ao invés de fritar, prepare no forno.

· Pegue leve nas castanhas, nozes e todas as frutas oleaginosas. São super saudáveis quando consumidas moderadamente, são fontes de proteínas, gorduras monoinsaturadas e antioxidantes - mas bastante calóricas. Uma forma de ter essas frutas presentes nas ceias e almoços em doses controladas e sem exageros é salpicá-las nas saladas, no arroz ou na farofa.

· Bebidas: água mineral não pode faltar em qualquer almoço ou jantar elegante e saudável e é ideal para se intercalar com as bebidas alcoólicas. Sucos de baixas calorias (melão, abacaxi, pêssego, limonada, tomate) também devem marcar presença. Água de coco sempre é bem vinda. Para brindar, um bom vinho tinto, espumantes e champanhe são as bebidas alcoólicas mais saudáveis e menos calóricas. Para decorar as bebidas, faça gelinhos de framboesa e uvas rosadas, ricos em bioflavonóides que "varrem" os radicais livres e fazem bem para as artérias.

· Alimente-se antes de brindar. Fuja dos exageros e dos porres homéricos e históricos. O álcool em excesso, promove a desidratação e por conseqüência, a perda de minerais e vitaminas hidrossolúveis (vitaminas C e do complexo B), além do que 1 grama de álcool fornece 7 Kcal – quase o mesmo tanto que 1 grama de gordura.

Aproveite as dicas, passe seu final de ano de uma forma gostosa e... FELIZ ANO NOVO!
Essa matéria também foi publicada no site oficial da apresentadora Ana Maria Braga. Vai lá!