Minha fome é à noite!


Muitas pessoas que desejam emagrecer queixam-se da dificuldade de controlar a alimentação no período noturno. Durante o dia, o trabalho e os compromissos fazem com que a atenção se volte para outros interesses. Mas quando a noite se aproxima, a imagem dos alimentos vêm à mente e torna-se quase impossível evitá-los.

Veja abaixo algumas dicas que podem minimizar este problema:

Evite saltar refeições - Algumas pessoas acham que omitindo refeições estarão emagrecendo mais rápido. É uma idéia falsa e as repercussões geralmente aparecem à noite. A falta de nutrientes ao longo do dia causa uma sensação de fome que torna o indivíduo menos capaz de selecionar o que vai comer e de regular a quantidade de ingestão calórica.

Mantenha alimentos leves em casa - Isso é fundamental: se só estocar em casa alimentos pouco calóricos, ao sentir vontade de comer você só terá acesso a este tipo de alimento. Boas sugestões para este horário são os sanduíches light, saladas com carne magra, sopas de legumes com carne ou frango. Muitos podem inclusive serem guardados congelados.

Faça alguma atividade física no final da tarde - Para alguns, a vontade de comer durante a noite é conseqüência da ansiedade e do stress acumulados ao longo do dia. A realização de exercícios físicos no final da tarde é uma excelente maneira de controlar o stress e proporciona uma sensação de bem-estar que dura até a hora de dormir.

Não esqueça das proteínas - Entre os nutrientes, as proteínas são as que proporcionam maior sensação de saciedade. Ao trocar o jantar por um lanche, muitas vezes as pessoas esquecem das proteínas e comem praticamente só carboidratos. Portanto, lembre-se de acrescentar ao seu lanche alimentos como presunto de peru, queijo magro, peito de frango desfiado ou mesmo um hamburguer light de frango.

Evite ficar beliscando - É preferível fazer uma refeição mais completa do que comer pequenos lanchinhos a noite toda. Leve para a mesa somente a quantidade que for comer e guarde o restante. Cuidado com os petiscos: amendoins, castanhas, patês, salaminhos, queijos, etc contêm muitas calorias mesmo em pequenas quantidades. Que tal preparar uma xícara de um bom chá e degustá-la lentamente?

Programe algo prazerozo para fazer - Grande parte do hábito de comer à noite pode estar relacionado apenas ao fato de estar ocioso. Ler um bom livro, assistir a um DVD, conversar com um amigo ou parente ao telefone, brincar com crianças ou animais de estimação são exemplos de atividades que distraem e divertem sem engordar. Tente programar o que irá fazer antes mesmo de chegar em casa.

Lembre-se: controlar a alimentação noturna é muito importante para o sucesso do seu tratamento.