Fibras e formação de gases: como evitar?

Uma pergunta formulada por muitas pessoas quando se recomenda que aumentem a ingestão de fibras é: como enriquecer a dieta com muita fibra sem se sentir inflado ou ir ao banheiro toda hora? A solução é manter uma dieta com muitas refeições menores, e que incluam carboidratos, proteínas e gorduras.

Essas pequenas refeições liberam energia gradualmente, sendo menor o volume de fibra ingerida de cada vez, formando assim, menos gases. Isso acontece porque as bactérias benéficas do intestino consomem as fibras. O gás pode ser um resíduo da digestão bacteriana, mas quando se ingere fibra em menor quantidade, menos gás é produzido. 

O problema da flatulência pode ser combatido com a seguinte lista, que relaciona alimentos ricos em fibra e que formam menos gases:

  • Frutas frescas com casca, frutas secas e sucos de fruta com polpa
  • Batatas, batata doce e inhame com casca
  • Ervilha fresca
  • Cenoura
  • Abóbora
  • Tomate
  • Alface de todos os tipos
  • Grãos e cereais integrais.

Uma outra alternativa, que uso muito na prática clínica, seria incluir lactobacillos vivos no dia-a-dia. Eles podem ser manipulados em farmácias ou encontrados nos leites fermentados, como Yakult, Actimel e em alguns iogurtes, como Activia, por exemplo. Mas, antes de incluí-los em sua alimentação, converse com seu nutricionista.