Alimentos contra a constipação


A alimentação é definitivamente a escolha certa para curar e prevenir a constipação, o incômodo digestivo número um. Portanto, se você for uma das milhões de pessoas que sofrem desse problema, consulte a natureza para obter o remédio inventado há muitos anos para regularizar o intestino...



A dependência de produtos farmacêuticos agressivos pode ser cara, desnecessária e potencialmente danosa, pois muitos laxantes pioram a constipação viciando os nervos do intestino, que não se contraem mais normalmente. Por outro lado, talvez você ache que tem constipação quando na verdade não tem. A ausência de funcionamento intestinal diário não é sinal de constipação. Especialistas afirmam que o funcionamento do intestino entre três vezes por semana a três vezes ao dia é considerado normal.



Prevenir a constipação de forma natural também reduz as chances de desenvolvimento e agravamento de hemorróidas, veias varicosas e diverticulite – condições agravadas pela constipação.



Se estiver preocupado com a constipação, o melhor remédio é a ingestão de substâncias não digeríveis na alimentação. Isso significa principalmente maior quantidade de pão e grãos integrais, principalmente o farelo de cereais, o rei dos laxantes. Um pouco de farelo diariamente pode restaurar o funcionamento normal do intestino em 60% em relação aos que sofrem de constipação. Para começar, uma colher de sopa ao dia, acrescentando mais quando necessário, pois não existe uma dose certa para todos. Isso dependerá do organismo de cada um.



Vá com calma e beba muito líquido. Você pode ter problemas se começar a colocar uma quantidade de fibras muito grande em seu organismo principalmente se não tomar líquidos suficientes para "encharcá-las", mantendo a maciez e facilidade de movimentos do conteúdo intestinal. Beber pouco líquido é causa clássica de endurecimento de fezes, mais ainda se você estiver fazendo uma dieta rica em fibras. Cerca de 8 copos de água ao dia são suficientes para prevenir esse problema.



Sim, ameixa seca. Ela é laxante e nutritiva. Emprestando suas propriedades laxativas à água fervendo, serve como um suplemento útil e agradável a decocções purgativas. Porém, em grandes quantidades, pode causar flatulência, espasmos e indigestão.



Cuidado com esses alimentos...
→ Cafeína: embora o café possa ser laxante, em algumas pessoas pode contribuir para a constipação. A possível razão é que os nervos do cólon podem passar a tolerar o constante efeito estimulante do café e da cafeína e, assim ficarem preguiçosos, como frequentemente acontece com as pessoas que ficam superdependentes dos laxantes de farmácia. Se o café o deixa constipado, é hora de desistir dele, ou, pleo menos, diminuir as quantidades.




→ Leite e cálcio: em algumas pessoas, o leite e o queijo podem ser extremamente constipantes, provavelmente por causa do cálcio. Mas, atenção: o cálcio é um mineral muito importante, principalmente para mulheres, por ser um fator natural de prevenção à osteoporose. Não é necessário eliminá-lo por completo da dieta, basta saber as quantidades adequadas que não lhe causarão desconforto.


Receita de Coquetel Laxativo:
½ mamão papaya sem semente, 1 laranja com bagaço e sem semente, 4 ameixas pretas secas sem caroço (deixar de molho na véspera em ½ copo de água), 2 colheres de sopa de farelo de trigo, ½ copo de iogurte desnatado, ½ copo de água gelada. Bater todos os ingredientes no liquidificador e tomar em jejum.


Com orientação adequada é possível incluir esses alimentos no dia a dia e favorecer o funcionamento do instestino. Com certeza vale a pena!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...