Dieta do flash X diário alimentar


Um dos assuntos mais falados na última semana relacionados à alimentação foi a "Dieta do Flash". Essa dieta consiste em tirar fotos de absolutamente tudo o que você come em um dia.


Para muitas pessoas parece maluquice, mas tem resultado. E te digo que vale a pena tentar, pois você verá que às vezes comemos muito mais do que achamos que comemos.


Em nossa prática clínica, uma forma de conscientização alimentar muito usada é o diário alimentar. Ele tem o mesmo objetivo da dieta do flash, a única diferença é que ao invés de você tirar fotos dos alimentos, irá anotá-los em um diário.


A conscientização é um ponto decisivo para a mudança de hábitos. Mesmo os diários mais simplificados, com registro apenas das calorias de cada refeição, são extremamente úteis ao tratamento e contribuem tanto para a obtenção quanto para a duração dos seus resultados.


Ao fazer o diário alimentar, você aprenderá bem mais sobre as calorias e naturalmente irá memorizá-las. Com ele, você aprenderá a escolher melhor os alimentos e tomará decisões mais inteligentes. Além disso, quem faz diário alimentar não se desespera diante dos eventuais deslizes pois não superestima os excessos e sabe como fazer compensações.


É fundamental que se anote tudo, até mesmo os aperitivos, bebidas e o que experimenta enquanto prepara ou espera pela comida. Leve sempre o diário com você e procure anotar imediatamente após comer para não ter o risco de esquecer. Caso tenha dificuldade em avaliar as porções e quantidade, compre uma balança de cozinha. Balanças pequenas digitais são sempre úteis e não são caras.


Portanto, quando aparecer aquela preguiça de fazer o diário, lembre-se de quanto empenho, tempo e sacrifício você já está investindo para alcançar sua meta. Tenha certeza de que gastar alguns minutos por dia anotando os alimentos poderá fazer muita diferença no sucesso do seu tratamento!