Alimentação no Trabalho

Se você tem restaurante no trabalho ou sai para comer em um restaurante à quilo...

Procure começar por uma salada. Enriqueça seu prato com folhas, legumes cozidos e crus e tempere com azeite, utilizando cerca de 1 colher (chá), suco de limão ou vinagre. Cuidado com maioneses, molhos cremosos e calóricos.

Escolha 1 tipo de carne e não abuse de molhos à base de cremes.

Coloque 3 colheres (sopa) de arroz (melhor se for o integral) e 3 colheres (sopa) de feijão. Pode até ser uma leguminosa na forma de salada. O arroz e o feijão juntos, além de dar saciedade, são uma boa fonte de proteína.

Se tiver pratos a base de legumes, mais uma vez fique de olho em molhos cremosos e gratinados.

Na hora da sobremesa, fique com 1 salada de frutas ou gelatina. Esqueça os doces.


Se você almoça em um restaurante à la carte...

Uma salada incrementada pode ser a solução. A maioria dos restaurantes capricha nas saladas, incluindo o necessário para uma boa refeição.

Procure os pratos grelhados, principalmente peixes e opte por guarnições que contenham legumes.
Outra opção seria comer uma massa ao molho vermelho acompanhada de uma carne magra grelhada.

Se você trabalha muito e não tem tempo de sair do escritório...

Seja o que for, coma longe do computador. Ele vai distrair sua atenção e você nem lembrará do que está comendo. Coloque um jogo americano em um cantinho simpático e saboreie sua refeição, mastigando bem os alimentos.

Se levar o alimento de casa, prefira saladas enriquecidas com grãos integrais e conservas como palmito, cogumelos e aspargos, que tem baixo valor calórico. Sanduíches de pães integrais com frios a base de aves, queijos magros e verduras também são uma boa opção. Fuja da maionese (se quiser, use a sem colesterol). Prefira uma camada fina de requeijão light ou bata queijo cottage com mostarda e ervas frescas em um mixer. Fica parecendo maionese ainda é uma ótima fonte de cálcio. 

Na hora do lanche...

Muita gente passa pelo almoço sem exagerar, mas quando chega a hora do lanche, perto das 16 horas, as tentações são muitas. É o colega com aquele bolo que sobrou do aniversário, são as trufas de chocolate que são vendidas até em empresas, é o pacote de bolacha que parece inofensivo mas esconde muitas calorias, principalmente vindas de gorduras.

Fuja das tentações. Opte por barrinhas de cereais, a fruta que você trouxe de casa, o iogurte com frutas, mas sempre em pequenas porções. Um capuccino diet ou light também é permitido nessas horas. Sucos dietéticos também podem ser uma boa opção.

Se mesmo assim, você não consegue ficar longe de um lanche mais substancioso, traga um sanduíche de casa. Se você não pode deixar em um lugar refrigerado, prefira recheios a base de queijos cremosos menos calóricos como o cottage, ricota amassada com iogurte e ervas, requeijão light. Cenoura e beterraba raladas, alface americana bem picada, cogumelos em conserva podem completar esta opção. Para quem gosta de um toque agridoce, experimente colocar junto com a cenoura, 1 colher (chá) de passas sem sementes. Fica uma delícia! 

Evite sempre...

Ir à uma confeitaria, no lugar de almoçar em um restaurante. Lá você vai encontrar coxinhas, croquetes, tortas ou quiches, doces a base de chantilly e cremes. Ou seja, a quantidade de gordura da sua dieta vai parar lá em cima.

Cuidado com as cafeterias. Atrás do cafezinho tem sempre um pão de queijo esperando você. Se for um de vez em quando, tudo bem, mas normalmente se ele estiver substituindo uma refeição vão ser no mínimo dois. Cuidado.

Não pule refeições, principalmente o almoço, pois no lanche ou no jantar você vai compensar. Assim, você vai acabar escorregando e comendo o que não deve.

Pedir couvert em restaurante. Os pãezinhos são deliciosos e você acaba almoçando os pães ao invés de comer uma refeição correta e balanceada.