O mito tempo de exercício X queima de gordura

Existe uma grande confusão na interpretação de que, quando o exercício é prolongado - cerca de 30 minutos - queimamos mais gordura.

O que acontece é que após esse tempo nosso corpo libera um hormônio chamado cortisol. A presença desse hormônio na corrente sanguínea faz com que gastemos ainda mais gordura, e temos a sensação física de que, após meia hora, tempos mais energia e a atividade torna-se mais fácil. Quem pratica corridas e ciclismo já deve ter sentido isso.

Na verdade, não começamos a queimar lipídeos depois de 30 minutos de atividade física. O correto seria afirmar que começamos a queimar desde o início e depois de 30 minutos OTIMIZAMOS E AUMENTAMOS o gasto de gordura ainda mais.

Isso acontece como uma resposta natural do organismo humano, que não sabe por mais quanto tempo estará em esforço e, por isso, cria condições hormonais para a utilização da gordura, que é o substrato energético mais abundante no corpo.

Também vale a pena lembrar que a queima não é local, e sim sistêmica. Portanto, se corrermos não vamos "gastar"  mais a gordura da perna e sim do corpo inteiro!
 


Adaptado do livro "As verdades que você precisa saber", de Rodrigo Paiva.