Quero emagrecer. Posso comer arroz?

Para quem morre de medo de comer arroz em um programa de reeducação alimentar, vale lembrar que arroz integral pode - e deve. Por ser um carboidrato de baixo índice glicêmico, ajuda no controle da fome por não elevar a glicemia do sangue, mantendo-a estável por um longo período. Traduzindo: você fica satisfeito por muito mais tempo.

O importante é saber escolher os alimentos e incluí-los de forma correta em sua alimentação diária. Lembre-se que nem sempre o que vale é o valor calórico, e sim sua composição nutricional e os benefícios que ele irá trazer pra você.

O segredo não é excluir os carboidratos e sim usar boas fontes, responsáveis por saciedade a longo prazo, principalmente se você quer emagrecer.

Dito isso, conheça algumas opções de lanches muito gostosos à base de arroz:

A Vitao lançou a Pipoca de Arroz Integral. Com apenas 95 kcal, 0% gordura e sem glúten.



A Hikage as barrinhas de arroz. Cada uma tem 63 Kcal, 0% gordura e sem glúten.


Por fim as torradas, com 112 Kcal em 3 unidades, zero gordura trans, ricas em proteínas e sem glúten.



Como usar?

Exemplo de lanche com torradas de arroz: misture atum light com cottage, acrescente orégano e misture bem até formar uma pasta. Corte rodelas de tomate e coloque por cima das torradas e depois uma colher de sobremesa da pasta de atum sobre cada uma. Rápido, fácil e pouco calórico! Fica assim, depois de pronto: 



Converse com seu nutricionista para variar as suas opções de lanches, sua reeducação alimentar com certeza ficará muito mais gostosa e saudável!