O que, na verdade, faz você comer?

Talvez você não tenha consciência, mas sempre há um pensamento que precede o ato de comer. Vamos dizer que você veja um pacote aberto de bolachas recheadas. pegar uma bolacha e levá-la à boca não é um processo automático. Seus pensamentos influenciam o que você faz. Se você pensar "eu quero mesmo comer uma, pegar só uma não vai fazer diferença" e não reagir a esse pensamento, você irá adiante e comerá a bolacha. Por outro lado, se você pensar "eu realmente quero comer uma bolacha, mas não devo porque não faz parte da minha dieta; eu tenho que evitar beliscar entre as refeições", então você não vai comer a bolacha.

Os pensamentos que fazem você agir de maneira disfuncional são pensamentos SABOTADORES. Os pensamentos que conduzem você a agir de forma mais produtiva são pensamentos funcionais.

Você pode aprender a fazer o mesmo. Basta querer!




Adaptado do livro "Pense Magro", de Judith. S. Beck.