Whey protein e termogênicos: o que você precisa saber

Assunto polêmico, principalmente para os "marombeiros" de plantão. Muitos pacientes chegam ao consultório com inúmeras dúvidas a respeito desses dois suplementos, que são os mais conhecidos e discutidos nas academias de ginástica.

Então vamos esclarecer alguns pontos, começando pelo whey protein.

O whey é um suplemento a base de proteína que pode ter outras finalidades além da conhecida ajuda no processo de ganho de massa muscular. Por exemplo: saciedade. Usado em pessoas em tratamento para perda de peso ele torna-se um grande aliado devido ao poder sacietógeno da proteína; então um whey estrategicamente colocado em sua dieta pode trazer muitos benefícios no controle da fome. Para grandes obesos, principalmente aqueles que fizeram cirurgia bariátrica e tem seu volume alimentar diminuído, seu uso é recomendado quando não se consegue atingir a recomendação protéica diária via dieta. 

Um outro exemplo é quando, em algum momento, torna-se inviável realizar uma refeição sólida ou você precisa do nutriente com uma absorção mais rápida. Exemplos: você está num ritmo de trabalho intenso e esqueceu de se alimentar ou as opções disponíveis são inadequadas (já que você não se programou e também esqueceu de levar algo de casa). Também pode ser legal usá-lo quando as pessoas passam do horário de realizar a refeição pré ou pós treino e necessitam de uma absorção um pouco mais rápida dos nutrientes. Nesse momento, um whey protein pode "salvar a pátria" e o seu controle alimentar. Outro uso é quando você vai treinar na hora do almoço e não vai almoçar antes porque sente-se empazinado (quem corre sabe muito bem do que estou falando).

Mas esses só são alguns exemplos. Vamos agora falar um pouco dos termogênicos.

Os termogênicos bombam pois tem a promessa de acelerar o metabolismo e ajudar na queima de gordura. O que muita gente não sabe é que eles também podem ser usados com outros objetivos. Por exemplo: te dar aquela energia a mais quando você trabalhou o dia todo e está sem pique para malhar. Ou dar aquele estímulo diferente, quando dieta e exercícios físicos não respondem mais como você, seu treinador e seu nutricionista gostariam. 

O efeito dos termogênicos é sutil e está diretamente relacionado com bons hábitos alimentares e atividade física regular. Então, para os "espertinhos" de plantão que tomam doses absurdamente elevadas porque vão almoçar na churrascaria e querem "acelerar a queima de gordura" saibam que vocês, além de estarem jogando dinheiro fora, podem estar prejudicando - e muito - a saúde.

O que muitos não sabem é que termogênicos precisam ser usados com cautela e com prazo estabelecido. Cardiopatas, pacientes com dificuldade para dormir ou até aqueles que sofrem de ansiedade podem ser prejudicados se não forem orientados corretamente.

Para finalizar, é importante dizer que nenhum suplemento disponível no mercado substitui uma boa refeição. Sabemos hoje que a absorção dos nutrientes via alimentação é de longe muito mais eficaz quando comparada aos suplementos. 

Então, antes de começar a gastar rios de dinheiro em whey, termogênicos e por não dizer também shakes "queimadores de gordura", invista em você e em um bom profissional. Usar suplementos não é regra para se conseguir atingir um corpo legal. Por outro lado, eles podem ser uma mão na roda se o seu estilo de vida ainda não te permite alimentar-se corretamente. 

Informem-se com profissionais capacitados e não com seus colegas de academia ok?