Acompanhamento nutricional pré cirurgia bariátrica

Muito se fala sobre a importância do acompanhamento nutricional pré-operatório, mas muitas pessoas não tem noção da importância dele no pós. 

Vamos falar hoje sobre o que deve ser levado em consideração ANTES de se realizar a cirurgia.

Quando os pacientes decidem operar, é aquela euforia! Tudo fica "pra ontem" não é verdade? Mas calma é a palavra da vez. Lembre-se que você não engordou da noite pro dia, então não espere emagrecer dessa forma, pois com certeza não será duradouro. E, se algum profissional te prometer isso, desconfie.

No pré-operatório é necessário, antes de tudo, verificar alguns fatores, como: 

  • deficiências de vitaminas e minerais que, se existentes, devem ser tratadas ANTES da cirurgia para prevenir problemas futuros;
  • conscientização de que, operando ou não, você dependerá de uma boa reeducação alimentar e pratica regular de atividade física para perder o peso necessário e evitar o reganho;
  • controle da compulsão alimentar e ansiedade (afinal, não comemos somente quando estamos com fome, e sim quando estamos alegres, tristes, cansados, etc - descobrir o que te leva a agir assim é importante pois a culpa que vem depois dos episódios compulsivos é muito grande)
  • mudança de estilo de vida (se o que você anda fazendo até hoje não vem surtindo efeito ou está até te fazendo ganhar peso progressivamente, passou da hora de reavaliar seu comportamento);
  • parar de inventar desculpas para a sua falta de disciplina (estou cansado, estou com preguiça de ir à academia, não tenho tempo, não tenho como preparar minha comida, não tenho dinheiro, não gosto de nada da dieta e nem quero experimentar e por aí vai. Quem quer faz, e nós estamos aqui para te ajudar a organizar tudo);
  • cair na enganação de que dietas restritivas e da moda são a melhor opção e parar de se "consultar" no google, no instagram, nos grupos de whatsapp, no facebook, com a amiga, com a vizinha...cirurgia bariátrica é coisa séria e necessita de profissionais conceituados para uma boa avaliação.

Portanto, pense a respeito de todos esses fatores, pois realmente é uma mudança interna e externa que deve ocorrer. Não acredite que basta operar e tudo ficará bem. Se você manter hábitos incorretos mais cedo ou mais tarde vai começar a ganhar peso novamente, principalmente se você deixar de lado o acompanhamento multidisciplinar a longo prazo (mas isso é assunto para outro post).

Bons profissionais fazem toda a diferença nesse processo. Faça esse investimento em você!