Como deve ser a alimentação no Carnaval?

O Carnaval é uma época do ano onde as pessoas só se preocupam em encontrar os amigos e fazer festa, festa e mais festa, não é mesmo? Até aí, tudo bem. Mas, junto com toda essa folia vem uma série de abusos - alimentares e à saúde.


Usando a desculpa de que tudo é folia as pessoas costumam exagerar, por exemplo, no consumo de bebidas alcoólicas. Isso normalmente vem acompanhado com excessos alimentares, pois muita gente prefere comer fora de casa do que perder a festa. Mas, se você está achando que não tem jeito, está enganado. TUDO tem jeito - basta saber fazer alguns ajustes simples que irão te ajudar a passar por esses quatro dias longe da ressaca e sem ganhar aqueles quilinhos indesejáveis....


Independente de onde você estiver hospedado, faça do café da manhã a sua refeição principal. Afinal, é a única hora que você tem certeza que estará comendo alguma coisa saudável. Capriche nas frutas e sucos naturais, pão ou cereal integral, queijo branco, iogurte light, vitamina ou salada de frutas e peito de peru. Esses são alimentos saudáveis e que você encontra seja na pousada mais simples ao hotel mais requintado. Caso esteja em uma casa alugada, melhor ainda: vá ao supermercado e compre tudo com antecedência.



Capriche nas fibras durante todo o dia (frutas, verduras, legumes e cereais integrais). Com elas, você garante o bom funcionamento intestinal e também a barriga retinha para colocar o biquíni ou a sunga nova, caso você esteja na praia. Muitos pacientes relatam que quando viajam, o intestino trava. Para não ter esse problema, comece a incluir esses alimentos na sua alimentação bem antes de sair de casa, dessa forma você evita esse incômodo.


No restante do dia, evite comer sanduíches rápidos e sagadinhos prontos, pois são ricos em gordura e podem tirar toda a sua energia nos dias restantes. Prefira massas ao molho vermelho e saladas variadas, acompanhadas sempre de sucos naturais ou água de coco. São leves e importantes para repor as vitaminas e os minerais, pois não somos capazes de estocá-los. Mas não se esqueça: coma em restaurantes de boa procedência, dessa forma você evita uma intoxicação alimentar - muito comum nessa época do ano.


Intercale as bebidas alcoóolicas com água, muita água. Dessa forma, você garante a hidratação diária e evita o mal estar que a ressaca traz no dia seguinte. E, o mais importante: saiba o momento exato de parar de beber.


Por fim, descanse. Dormir bem repõe as energias e garante que você seja capaz de aguentar todos os dias de folia sem problemas. Vale a pena tentar, não vale?