Chá verde emagrece?

Será que o chá verde realmente emagrece? Antes de responder a essa pergunta, vale a pena conhecer um pouquinho dessa erva e alguns de seus benefícios. Seu nome é Camelia Sinensis e ela é muito popular na China e no Japão.

Rico em substâncias antioxidantes - os polifenóis - ele é capaz de ajudar no combate aos radicais livres; que são tóxicos às células e podem causar câncer (entre outras doenças). Possui taninos, que ajudam a diminuir o LDL (colesterol ruim) e algumas vitaminas e minerais, como: manganês, potássio, ácido fólico, vitamina C, vitamina K, vitamina B1 e B2. Ajuda na digestão, beneficiando a flora e o funcionamento intestinal.

Usado normalmente em tratamentos para perda de peso, ele tem propriedades termogênicas, diuréticas e laxativas, devendo portanto ser usado com cautela e indicado por profissionais especializados. Por possuir um sabor amargo, às vezes é prescrito em cápsulas, o que torna o uso mais agradável para quem não tolera seu sabor característico.


Suas propriedades termogênicas favorecem a perda de peso. Esse processo se dá pelo aumento da temperatura corporal, acelerando o metabolismo e aumentando a oxidação de gorduras.

Qual a quantidade de chá devemos ingerir? Estudos mostram que os benefícios podem começar a aparecer a partir do consumo de pelo menos 1 litro da bebida ao dia - mais um motivo para às vezes a prescrição ser feita em cápsulas. Para quem ainda não experimentou, existem milhares de tipos de chá no mercado, com sabores os mais variados possíveis.


Porém, só o consumo do chá não é capaz de eliminar o excesso de peso. Ele é um grande aliado, mas somente quando a reeducação alimentar e a prática de atividade física estão presentes. De nada adianta tomar litros e litros de chá verde e possuir uma alimentação desbalanceada. Lembre-se: não existem milagres.


Uma perda de peso saudável deve ser sempre acompanhada da prática regular de atividade física e uma alimentação rica em nutrientes essencias ao bom funcionamento do organismo!