Leite x água x isotônicos

Para quem pratica qualquer tipo de exercício físico, é sempre importante ficar de olho na hidratação. Um organismo bem hidratado tem um rendimento melhor durante o exercício e se recupera com mais rapidez após.

Portanto, saber escolher o melhor alimento é importante, mas a grande maioria das pessoas ainda tem dificuldade ou então falta de informação correta no momento da escolha.

Hoje fala-se de água, isotônicos e até mesmo leite. Qual a melhor escolha?

Água: todos sabem que a ingestão de água deve ser de no mínimo, 1,5 litros/dia. Para quem pratica atividade física regularmente (por exemplo, 1 hora, 3 vezes na semana), só ela é suficiente. Deve-se ingerir cerca de 200 ml de água a cada 20 minutos de exercício praticado.

Isotônicos: são bebidas feitas para repor sais minerais perdidos no suor durante a prática de atividade física. Repor esses sais é extremamente importante para melhorar o rendimento e a recuperação após a prática (como por exemplo, evitar o aparecimento de cãimbras). Seu uso é recomendado para aquelas pessoas que praticam mais de 90 minutos de exercício contínuo, pois a partir desse momento a perda começa a ser considerável. Contém carboidratos de rápida absorção, favorecendo uma hidratação rápida e eficaz.

Leite: pouquíssimo usado para hidratação. Por ser uma fonte de proteína, sua digestão é lenta e alimentos com digestão lenta desviam o fluxo sanguíneo para o estômago, o que não é nem um pouco interessante durante a prática de exercícios físicos. Porém, a proteína do soro do leite - mais conhecida como Whey Protein - é um dos suplementos alimentares mais usados atualmente para repor a perda de proteínas que acontece durante o exercício, dar saciedade e garantir a recuperação tecidual após. Por conter aminoácidos essenciais, garante que esse processo ocorra da maneira mais saudável possível. Na prática clínica, ele é usado antes ou após o exercício, mas raramente durante e como substituto de água ou qualquer isotônico.

Vale lembrar que as recomendações devem ser individuais e de acordo com o estilo de vida de cada um, portanto seguir as orientações de um especialista é fundamental. Dessa forma, é possível melhorar o rendimento, garantir uma boa hidratação e recuperar os músculos de forma correta e saudável!